quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

ficção #2


e agora? tu disseste que nunca irias embora, mas... tu foste. tu foste, e agora estou-me a sentir como se mais nada fizesse sentido. agora estou-me a afundar. sem ti, cada vez me esqueço mais como é sentir-me viva.
agora eu estou mudada. tornei-me fria e incompleta. apenas sombras preenchem o meu coração vazio. perder-te fez-me mal. deixar que te perdesse foi o meu maior erro, a pior coisa da minha vida. agora, agora não valo nada! preciso de ti, mas já não te tenho. agora sinto-me mais desumana do que humana. já não sei fazer nada. agora estou perdida, não sei que caminho seguir, se é que consigo sequer arranjar forças para me levantar do chão e continuar a viver.
no fundo, o meu coração está partido. está partido por tudo o que fomos, por todos as maneiras como me fizeste sentir viva, por todos os modos como te amei, e pelo momento injusto em que tudo acabou de forma tão rápida e devastadora.
mas será que este coração partido ainda pode sobreviver? faça o que fizer, tenho medo de tudo. feche ou não feche os olhos, sinto todo o mal que está dentro de mim.
está tudo tão errado, mas e agora? tu já não vens.

5 comentários:

  1. obrigada queriida (:
    os teus textos também são super bonitos *.*

    ResponderEliminar
  2. obrigada , eu adoro todos os teus textos $:

    ResponderEliminar
  3. sim tens razão, obrigada.
    o teu texto também está lindo *-*, força.

    ResponderEliminar